Turismo em SP

O turbilhão que é a cidade de São Paulo pode dar um grande nó na cabeça dos turistas que visitam a capital paulistana.

Para quem chega a SP meio perdido, sem saber o que fazer, quais os melhores lugares para visitar ou os principais pontos turísticos, o Encontra São paulo preparou um post especial com dicas de turismo em SP, para curtir quase de graça!

Turismo em SP

Economizar é sempre uma boa pedida para os viajantes que gostam de encarar o mundo. Aqui você encontrará várias opções gratuitas de passeios, museus, parques e pontos turísticos de São Paulo, além de hábitos paulistanos que custam pouco e valem muito (como um bom pão na chapa e um pastel de feira fresquinho).

Algumas atrações de SP são de graça em apenas um dia na semana, outras são 100% na faixa! É hora de visitar o MASP e o MAM, curtir um show no Ibirapuera, se deliciar com os sabores do Mercado Municipal e até fazer um tour sem gastar nada! Barato e inesquecível!



São Paulo pode sair bem em conta para quem busca uma viagem de final de semana e também para os que desejam curtir a capital paulistana intensamente e por vários dias. O melhor de tudo é saber que Sampa é tão grandiosa e efervescente que sempre haverá uma novidade para descobrir na sua próxima visita.

Se você faz a linha que sempre economiza nas viagens e conhece várias dicas de programas gratuitos em São Paulo, quanto mais economizar, melhor.

Pinacoteca

Pinacoteca

A Pinacoteca do Estado de São Paulo está entre os melhores espaços destinados à arte na cidade. O prédio do século XIX, todo em tijolo aparente, merece a visita independente das obras de arte em exposição.

Mas é claro que a grande riqueza cultural da Pinacoteca está mesmo no interior, onde são expostas obras de artistas como Portinari e Anita Malfatti. Para visitar a Pinacoteca, prefira chegar de metrô na Estação da Luz, outra linda obra arquitetônica de SP.

Na região da Pinacoteca é possível visitar também o Museu de Arte Sacra. Lembrando que o Museu da Língua Portuguesa, vizinho à Pinacoteca, está fechado para reforma depois de ter sido atingido por um grande incêndio.

Parque do Ibirapuera

Parque do Ibirapuera

Quintal predileto dos paulistanos, o Parque Ibirapuera encanta pela ampla área verde, espaços bem cuidados e grande número de atrações gratuitas.



Além de poder curtir o parque para correr, pedalar, andar de skate ou fazer um piquenique, o visitante ainda tem como opção vários centros culturais. Destaque para o Museu de Arte Moderna (MAM), o surpreendente Museu Afro Brasil, a Fundação Bienal, e o Auditório Ibirapuera, que constantemente tem programação gratuita e a preços populares.

Vale ainda visitar o Planetário Prof. Aristóteles Orsini, recentemente reaberto à população. Como se não bastasse, ainda é possível esticar o passeio até o Museu de Arte Contemporânea da USP, vizinho ao Ibirapuera e com uma linda vista para o parque.

Jardim Botânico

Jardim Botânico

O Ibirapuera não é o único parque de São Paulo. Muito pelo contrário. A cidade oferece várias áreas verdes para os moradores e algumas delas são realmente pequenos paraísos em meio ao mundo de cimento.

Portanto, não deixe de conhecer outros parques. O Jardim Botânico é especialmente interessante pela variedade de jardins e belos espaços para passeio. É possível até andar em meio à mata atlântica e visitar a nascente do Riacho do Ipiranga.

Outras boas pedidas são o Parque da Água Branca, repleto de bichos soltos; o Parque da Independência, onde está o Museu Paulista (fechado para reforma); o Parque da Aclimação, com clima de parque de bairro; o Parque Buenos Aires, repleto de esculturas ao ar livre e o Horto Floresta, que forma boa dupla com o Parque da Cantareira, de onde se tem uma linda vista de SP no topo das trilhas.

Minhocão

Minhocão

O elevado gera polêmica entre os moradores. Enquanto não é decidido se ele é ou não demolido, aproveite os dias de domingo para curtir o Minhocão (chamado anteriormente de Elevado Costa e Silva e mais recentemente de Elevado João Goulart).

A pista fica fechado para os carros e é tomada por atletas, crianças, bikes, food trucks e tudo mais que combine com um bom dia de folga. Não deixe de reparar nos jardins verticais que estão sendo implantados nos prédios da região e aproveite para comer algumas guloseimas enquanto passeia sem preocupação com o trânsito.

Instituto Tomie Ohtake

Instituto Tomie Ohtake

Ao chegar ao prédio do Instituto Tomie Ohtake será fácil passar alguns minutos apreciando as curvas da arquitetura externa. Depois de alguns cliques, entre no edifício para ver as exposições temporárias e aproveite o espaço para um bom café ou almoço. Como as se renovam com frequência, você poderá voltar várias vezes, sempre com novidades!



Deixe seu comentário